08Set
Vemos uma urna cinerária e coroa de flores. Veja se cremar faz mal ecologicamente!

Cremar faz mal ecologicamente? Entenda se essa opção é sustentável!

Dentre muitos mitos existentes acerca da cremação, um deles é de que o processo não é bom para o meio ambiente. Ou seja, que cremar faz mal ecologicamente. Esse é um pensamento errado. Na verdade, a incineração do corpo do falecido é uma opção de despedida considerada 100% ecológica e sustentável.

Nesse sentido, a Funerária Santa Casa 24h preparou este artigo para esclarecer porque cremar não é ruim para o ecossistema. Quer entender melhor do assunto? Continue lendo!

Veja porque é errado falar que cremar faz mal ecologicamente!

1- O crematório filtra gases poluentes

No forno crematório há um filtro que evita a passagem de gases poluentes para a atmosfera. Por esse motivo, apesar de ser eliminado gás carbônico durante a incineração, é errado pensar que ele atinge o ar. A cremação não contribui para o efeito estufa e essa filtragem garante a sustentabilidade do processo.

2- A composição das cinzas não é tóxica

Como dito acima, gases do corpo humano são liberados durante a cremação. A mesma coisa ocorre com a água. O resultado após o procedimento de incineração é apenas nitrogênio, cálcio, fósforo, potássio, além de uma pequena quantidade de outros elementos.

Assim, é possível perceber que as cinzas são compostas de materiais não nocivos ao planeta. Essa falta de toxicidade garante que, ao jogar as cinzas no mar ou enterrá-las, não haverá contaminação do ecossistema. Esse é outro fator que, esclarecido, indica que é errado falar que cremar faz mal ecologicamente.

3- Não há necrochorume

Ao contrário do sepultamento, na cremação não há necrochorume. Afinal, o corpo não tem tempo de chegar a fase da decomposição onde ocorre a formação desse líquido. Assim, nesse quesito, a incineração se torna a melhor opção para o meio ambiente.

4- Existem opções de urnas sustentáveis

Outro fator que desvalida a crença de que cremar faz mal ecologicamente é o fato de existirem tipos de cinerárias sustentáveis. Desse jeito, há uma menor exploração das florestas. As urnas biodegradáveis podem ser enterradas e as urnas hidrossolúveis podem ser jogadas ao mar, sem fazer mal à fauna.

5- As cinzas podem virar árvore

Por fim, é errado falar que cremar faz mal ecologicamente pelo fato de ser possível plantar uma árvore com as cinzas. Afinal, os componentes delas são nutritivos e ajudam a planta crescer. Esse fato ainda se torna interessante, pois a escolha representa o renascimento do falecido.

Conte com a melhor assistência!

A Funerária Santa Casa 24h é uma empresa que presta assistência funerária quando é preciso. Além do traslado do corpo e planos funerários, nós também oferecemos auxílio para a realização da cremação no RJ. Somos uma organização confiável cujo objetivo é assegurar que você tenha um momento de despedida mais tranquilo e confortável possível.
Caso necessite nossos serviços, entre em contato! Oferecemos atendimento 24h.

Achou este conteúdo interessante? No blog da Funerária Santa Casa 24h você encontra mais artigos como este. Veja textos relacionados:

Compartilhe:

Posts Recentes Categorias Tags