07Nov
como agir após o falecimento de alguém que se ama?

Após o falecimento de um ente querido: como proceder?

Para quem nunca necessitou saber quais os procedimentos a se tomar após o falecimento, o momento em que precisa é extremamente novo. Quando nunca se teve acesso às informações ou contato com o assunto, o processo é um ponto de interrogação. Por isso, a Funerária Santa Casa 24h decidiu enumerar os passos que devem ser seguidos após o falecimento, em relação ao funeral e aos documentos. É preciso saber de seus direitos e deveres. Leia este artigo e fique informado!

5 passos para seguir após o falecimento

1- Obter a documentação necessária

O primeiro processo após o falecimento é possuir os documentos necessários, tais como: 

  • Carteira de identidade e CPF
  • Registro geral (RG)
  • Certidão de nascimento ou de casamento
  • Carteira de trabalho (nesse caso resolver as pendências relacionadas ao trabalho do falecido)
  • Título eleitoral 
  • Certificado de reservista (se o falecido for homem acima de 18 anos)
  • Cartão de inscrição no INSS
  • Atestado e certidão de óbito 

2- Realizar o funeral

Neste passo é necessário optar entre sepultar ou cremar o corpo. Depois da escolha feita, avisar à funerária escolhida e iniciar o processo, avisando também se a família já possuir um jazigo. É preciso, então, escolher uma assistência funerária para realizar o translado e a tanatopraxia do corpo. Além disso, organizar o funeral e chamar as pessoas importantes, sempre respeitando os desejos expressos pelo falecido.

3- Cancelar contas e documentos

Com o fim do funeral, agora é o momento de cancelar as contas e documentos ativos do falecido. O processo evitará cobranças extras e evitará possíveis confusões.

4- Dar entrada no seguro de vida ou pensão pós-morte

Antes de tudo, será necessário resolver as pendências relacionadas ao emprego do falecido. Ao pular esta etapa, a família precisará entrar em contato com a seguradora ou com uma agência do INSS. É importante verificar o que tem direito e, para isso, levar os documentos necessários. E se for o caso solicitar a pensão por morte.

5- Abrir o inventário

Para esse passo, é preciso consultar um advogado. Este irá buscar saber quais os pertences do falecido, e descobrirá quem tem direito a qual parte dos bens dele. E, assim, ajudará na parte da partilha e renomeação. O ideal é chamar um advogado experiente na área.

Funerária Santa Casa 24h: a melhor assistência funerária!

Lidar com o pós-falecimento de um ente querido é difícil para muita gente. E nem todos que têm de lidar com isso estão preparados no momento necessário. Para isso, entre em contato com a Funerária Santa Casa 24h. Nós temos a melhor assistência funerária, além de outros serviços. Cuidaremos de tudo para você! 

Gostou deste artigo? Temos outros relacionados no nosso blog. Algumas sugestões são: 

Compartilhe:

Posts RecentesCategoriasTags