06Ago
Família durante o sepultamento de um ente querido.

Dicas de preparação do sermão para funeral

O sermão para funeral é oriundo de dogmas religiosos embasados no Evangelho deixado por Jesus Cristo. Em um país com muitas famílias religiosas, é comum que o ato ocorra ao sepultar um ente querido falecido. Por isso, este artigo irá esclarecer pontos importantes a serem refletidos na elaboração de um sermão. Atente-se às dicas e faça de tudo para prestar uma bela e digna homenagem a alguém que partiu.

O que é sermão para funeral?

Seis pessoas com sobretudo preto carregando um caixão claro com flores em cima, três de cada lado. Momento antecede o sermão para funeral.

O sermão para funeral é uma maneira de pregar o Evangelho para as pessoas que estão acompanhando o sepultamento. Muitos acham que as mensagens são diretamente para a pessoa falecida. Na verdade, o mais recomendado é que as palavras sejam, sim, para celebrar a vida do falecido, mas também para implantar uma reflexão em cada pessoa presente. Geralmente, é embasado em um texto bíblico.

Importância

Não é ético oferecer um falso conforto às pessoas. A função do sermão para funeral é embasar reflexões em textos do Evangelho e debater novas reflexões sobre a vida. O momento é muito delicado e as pessoas estão lidando com as fases do luto. Todavia, ainda é de extrema importância valorizar a clareza e leveza no que é dito. Sem necessidade de ultrapassar seus 20 minutos, é durante o sermão para funeral que as pessoas costumam enviar seus agradecimentos a quem faleceu.

Como preparar corretamente?

Luto

Entender o luto é importante em várias situações. No sermão para funeral, compreender o que as pessoas sentem é mais do que o Evangelho, é um sinal de empatia. Por isso, sua duração é curta e as palavras oferecem reflexões, e não completa melancolia. Deve-se estabelecer um respeito aos sentimentos na escolha das melhores palavras e Escrituras.

Local

O funeral é um momento de tristeza para muitas pessoas. Quem realiza o sermão para funeral deve estar espiritualmente preparado para o momento. Nesse sentido, é ideal que se faça uma visita ao local do sepultamento antes que ocorra. Compreender o espaço é essencial para compreender, também, como ajudar as outras pessoas.

Oração

Como é um momento embasado em dogmas religiosos, o sermão é iniciado como uma oração que incide sobre a graça. Orações são pessoais e impactam de forma diferente em cada um. Entretanto, deve ser realizada em um tom de voz moderado e controlado. Falar sobre a dor, tristeza e renovação costuma ser corriqueiro nesses momentos.

Esperança

Pregar a esperança é falar sobre a esperança do Evangelho. O sermão para funeral, já no seu final, traz elementos que debatem santidade, pecaminosidade e julgamento. A reflexão sugerida é que seja nos arrependimentos essenciais para uma passagem espiritualmente graciosa.

Sepultamento

Na hora do sepultamento, de fato, algumas palavras podem ser ditas. A intenção, aqui, é prestar uma homenagem e também oferecer suporte às pessoas. É um momento delicado, ainda mais para quem está enterrando um parente ou amigo muito próximo. Atenção às palavras, a forma como são ditas e as interpretações propostas.

Antes do sermão, qual é a importância do plano funerário?

Na imagem, velas acesas desfocadas representando o sermão para funeral

É bom que seja entendido que o sermão para funeral é de origem religiosa. Porém, para sepultamentos que não seguem dogmas do tipo, ainda são feitas homenagens. A dica é que o momento sempre seja embasado no respeito. Tanto às memórias do falecido, quanto aos sentimentos dos que ficaram. Para não ter estresses neste momento, o ideal é que tenha o auxílio de um plano funeral de qualidade.

 

 

Conte com a Funerária Santa Casa 24h. Somos uma funerária no Rio de Janeiro com planos que atendem diversas necessidades. Leia em nosso blog artigos sobre óbitos em casa, processo de cremação, sepultamento e enterro e muito mais. Ao entrar em contato, saiba como podemos auxiliar.

Compartilhe:

Posts RecentesCategoriasTags