04Mar
Vemos um corpo. Saiba como ocorre a decomposição de corpo após a morte!

Conheça as fases da decomposição de corpo após a morte

Já se perguntou como ocorre a decomposição de corpo após a morte? Esse é um questionamento comum quando falamos do falecimento de alguém. Por isso, com o objetivo de sanar suas dúvidas, preparamos este artigo. Aqui, a Funerária Santa Casa 24h explica como acontecem as fases desse processo natural no cadáver. Confira o conteúdo abaixo!

Decomposição: entenda o que é!

O processo da decomposição de corpo após a morte consiste na transformação e é decorrente do apodrecimento dele. Ou seja, do cadáver. Ele ocorre em 5 etapas e geralmente tem duração de duas a seis semanas em temperatura ambiente. No entanto, a depender de como é conservado e das condições as quais o corpo é exposto, pode demorar até 10 anos para terminar.

5 fases da decomposição de corpo após a morte

1) Autólise ou decomposição inicial

A primeira fase da decomposição é a autólise. Ela consiste na parada de circulação sanguínea e gera o esfriamento do corpo e o pallor mortis. Ocorre por conta da coagulação, que impede as células de receberem novos componentes da corrente de plasma e atrapalham a nutrição corporal. Essa etapa pode durar de 9 a 12 horas.

2) Putrefação

Depois da decomposição inicial, inicia-se a putrefação. Neste estágio, por conta das bactérias que vivem no intestino do morto, o cadáver passa a inchar, ficar esverdeado e a apresentar um forte odor. Acontece que esses microrganismos começam a digerir as proteínas ali presentes e passam eliminar gases, gerando esse resultado. Essa é a fase que costumam chamar de decomposição efetiva. Ela pode durar entre 25 e 48 horas.

3) Colonização de larvas

Como dito acima, na fase anterior há o surgimento de um cheiro forte devido a ação das bactérias do intestino do defunto. Nessa fase, o odor passa a atrair moscas e assim inicia-se o estágio da colonização. Os insetos depositam ovos que, posteriormente, eclodem e viram larvas. Essas passam a utilizar o corpo como habitat e fonte de alimento. Esse estágio varia entre 24 e 48 horas de duração.

4) Dispersão

Depois que se alimentam, as larvas passam a migrar. Começa, então, a chamada dispersão larval. Aqui, já praticamente não há mais couro e elas precisam buscar outra fonte de energia.

5) Esqueletização

Por fim, ocorre a esqueletização, última fase da decomposição de corpo após a morte. Nessa etapa, não há mais pele e quase não resta cartilagem no cadáver. Essa é a fase mais longa, onde pode demorar semanas para corpo se tornar completamente osso.

Funerária Santa Casa 24h: saiba como podemos te ajudar!

Encontrou este artigo porque perdeu um parente recentemente? A Funerária Santa Casa 24h está aqui para te ajudar! Somos uma funerária de Botafogo. Oferecemos serviços fúnebres essenciais após o falecimento de alguém, como traslado, auxílio com burocracia e contratação de um cemitério ou crematório no RJ. Possuímos contato com vários no estado, como cemitério São João Batista.

Precisa da nossa ajuda? Entre já em contato conosco! Contamos com atendimento 24h.

Compartilhe:

Posts Recentes Categorias Tags